Segunda-feira, 19 de Janeiro de 2009

Paula Guimarães

 

 

 

 

 

 

DOUTORA PAULA GUIMARÃES

 

A Doutora Paula Guimarães é Directora da Fundação Montepeio, uma instituição que apoia projectos de reinserção, sendo de realçar o assinalável interesse na ajuda aos excluídos por parte desta instituição bancária. No tema da sua conferência falou de improviso sobre o envelhecimento e dignidade, apelando ao esforço individual e colectivo, numa cruzada que exige consciencialização. De uma parte do que nos disse extraímos o seguinte texto:

 

 

A promoção da dignidade do Ser Humano é um permanente desafio ao longo de todo o ciclo de vida, acompanhando o percurso individual e garantindo a inclusão plena de cada cidadão.

Trata-se de um repto que apresenta dificuldades acrescidas quando falamos de populações potencialmente mais vulneráveis, como é o caso das pessoas mais velhas.

Não que a idade traga, automaticamente, uma fragilidade acrescida, mas as dependências físicas, psíquicas e económicas que, por vezes, emergem nas fases mais avançadas da vida, podem originar uma perda de poder social.

Apesar dos Princípios das Nações Unidas expressamente consagrarem a Dignidade como um Direito essencial das pessoas idosas e a produção legislativa nacional e internacional ser prolífera em matéria de salvaguarda dos seus direitos, o que é facto é que em Portugal nem sempre é fácil assegurar a promoção da dignidade deste grupo populacional.

Muitas das pessoas idosas permanecem autónomas até idades tardias, desempenhando funções influentes, liderando movimentos associativos, marcando a vida da sua família, mas o número crescente de indivíduos com dependência e incapacidade, levanta questões novas e desafios complexos.

Garantir a autonomia, a auto-determinação, a independência, a segurança e o acesso aos cuidados, são pressupostos de uma vida digna, que continuam a faltar a um número significativo de idosos, muitas vezes manipulados, explorados financeiramente, com dificuldade na obtenção de vaga em equipamentos e serviços sociais e sem rede familiar de apoio.

Lutar por uma dignificação da pessoa idosa exige um esforço individual e colectivo, o envolvimento da sociedade civil e uma profunda reinvenção do Estado, para que possa cumprir as suas tarefas fundamentais.

Cinco estratégias integradas podem ajudar:

Semear afectos ao longo da vida, reinventando a noção de família e investindo num reduto seguro de entre-ajuda;

Planear o próprio envelhecimento, apostando na protecção social complementar e na participação activa;

Apostar na formação e dignificação dos profissionais que actuam no domínio da intervenção gerontológica e geriátrica;

Adaptar a legislação da família, do suprimento da incapacidade e do direito sucessório às novas dinâmicas familiares, promovendo a salvaguarda do património e a prevenção da exploração financeira;

Desenvolver as respostas sociais, sob a égide da qualidade e do respeito pelos direitos dos clientes.

A defesa da dignidade do Ser Humano ao longo da sua vida e, com especial ênfase na velhice, é uma cruzada que nunca cessa e que nos diz respeito a todos, exigindo-nos consciencialização, envolvimento e uma atitude pró-activa de informação e de reivindicação responsável.

Paula Guimarães

2009

 

 

Envelhecimento e Dignidade

 

publicado por promover e dignificar às 10:34

link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Carla Cazeiro a 19 de Maio de 2011 às 00:24
Exma. Sra. Dra. Paula Guimarães,

No ano lectivo de 2008/2009 tivemos a oportunidade de dar a partilhar aos nossos alunos da Escola Secundária de D. Luisa de Gusmão, a sua experiência no campo da responsabilidade social e muito concretamente ao nível da promoção da igualdade de género.

Gostaria de entrar em contacto consigo no sentido de ver quais as suas possibilidades para integrar um painel a realizar preferencialmente às 21,15 do dia 28 de Junho de 2011, a propósito da intervenção do Montepio ao nível da promoção do empreeendedorismo como soluções, respostas, desafios à saída da crise que actualmente se vive no nosso pais.

Reconhecida e agradecida.

Com os meus melhores cumprimentos.

Carla Cazeiro

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. A HEPATITE “A” E OS MAUS ...

. TÓPICOS A OBSERVAR NA ORI...

. TÓPICOS A OBSERVAR NA ORI...

. TÓPICOS A OBSERVAR NA ORI...

. TÓPICOS A OBSERVAR NA ORI...

. APPDH – Para que servimos...

. TÓPICOS A OBSERVAR NA ORI...

. O DIFÍCIL E COMPLICADO PR...

. Inserção Humana – PROJECT...

. COMUNICADO AOS ASSOCIADOS

.arquivos

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Janeiro 2011

. Abril 2010

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds